Que morada Jesus foi preparar?

Calm place to live
Creative Commons License photo credit: Tambako the Jaguar

“Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.”  (João 14 : 2)

Normalmente se pensa que nesse verso a casa do Pai seria o Céu, em outros versos pensam que é o templo físico e só por último(quando se fala sobre prostituição e alcoolismo, por exemplo) lembram do verso que diz que a casa de Deus somos nós.

Quem crê que a casa do Pai seja o Céu tem a impressão de que Jesus está falando sobre uma cohab celestial.

Jesus, porém, nesse capítulo, diz que a casa do Pai é aquele que O ama.

“Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada.”  (João 14 : 23)

Jesus preparar morada para nós na casa do Pai significa que ele nos preparará para que possamos estar cada vez mais em Deus e Deus em nós, como Ele mesmo diz nos versos seguintes:

“Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim, e eu em vós.”  (João 14 : 20)

“Estai em mim, e eu em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim.”  (João 15 : 4)

Para que ir à igreja?

 

Por quê precisamos ir à igreja?
Muitos acreditam que é necessário ir à igreja(uso o termo “igreja” nesse post da forma como ela é muito utilizada hoje, significando templo, um lugar físico para se adorar) para louvar a Deus, ouvir sua palavra e orar, porém esse não é o pensamento bíblico(pelo menos não o neotestamentario).
A bíblia no AT diz que o templo de Jerusalém era conhecido como casa de Deus e que lá era onde ele habitava,por isso era necessário ir ao templo para se adorar a Deus.

“ALEGREI-ME quando me disseram: Vamos à casa do SENHOR.” (Salmos 122 : 1)

Porém no NT Jesus nos mostra que a adoração acontece interiormente e não dependendo de um “lugar santo” (Jerusalém ou monte):

Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar.

Disse-lhe Jesus:
Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai.Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.
Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.(João 4:20,21,23,24)

Eliminando porém o motivo “divino” de se “ir à igreja”, sobre somente o motivo fraterno de nos reunirmos para compartilhar as experiências(sem necessidade de ser lá no “templo”).

E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras,
Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.(Hebreus 10:24,25)

Isso é importante para a vida cristã, mas não indispensável, por isso ninguém é menos crente por não ir as reuniões.
Portanto adoremos a Deus na vida e, se der vontade lá no “templo”, porque o verdadeiro templo somos nós.

“Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” (I Coríntios 6 : 19)