O que é impureza sexual?

bed-time.jpg
photo credit: PoppyW

“Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,” (Gálatas 5 : 19)

“Os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza.” (Efésios 4 : 19)

“Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos;” (Efésios 5 : 3)

Um dos motivos que me fazem sempre ficar com um pé atrás com sites cristãos que falam sobre sexo é que, as vezes, alguns evangélicos acabam exagerando ao interpretar o que seria impureza ou pecado sexual. Continue reading

Enquete sobre masturbação


Masturbation 3
Upload feito originalmente por badspeller

Há alguns meses criei uma enquete sobre masturbação para ter uma ideia do quanto natural esse ato seria na vida dos evangélicos ou se eles realmente estavam “resistindo”.
Minha intenção foi confirmar minha desconfiança que embora haja muita gente repetindo que o ato é pecado e dá para “vencer” , na realidade, pouquíssima gente consegue mesmo deixar o ato (talvez os que não fazem sejam os que ainda não conheceram).
A enquete foi linkada em várias comunidades evangélicas, embora estivesse aberta para qualquer um votar (o que pode ter alterado os resultados, embora eu duvide). Continue reading

Cobiça na Bíblia é sempre pecado?

cat looking at goldfish
Creative Commons License photo credit: teachastrid


Temos visto muitas pessoas afirmarem que cobiça é pecado simplesmente por ser cobiça, mas será que é isso o que a Bíblia diz? Ou será que cobiça é só pecado se o objeto cobiçado for coisa do outro?

O mandamento:

Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo. (Êxodo 20 : 17)

Nesse mandamento podemos perceber que a cobiça não é condenada simplesmente por ser cobiça mas por que cobiça não é bom para com as coisas dos outros.
Você pode querer algo mas não pode querer algo que já tem dono.

No famoso texto de Mateus 5:28 o Senhor Jesus diz:

Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.

Baseado nisso muitos dizem que não se pode cobiçar mulher nunca, porque Jesus teria proibido no versículo exposto se esquecendo que o contexto era sobre o adultério.

27 Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. 28 Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.

Podemos ver no texto que enquanto a lei só falava sobre o adultério real, Jesus fala sobre o adultério mental que é o primeiro que ocorre antes do ato mesmo.
Você pode querer alguém, mas não pode querer alguém que já esteja com alguém, ou então se tu tens alguém não deves querer outra.

Para aqueles que ainda acham que cobiça é sempre sinônimo de pecado vai mais um versículo:

Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. (Gálatas 5 : 17)

Esse versículo simplesmente diz que assim como a carne, o Espírito também cobiça! a diferença é que ambos cobiçam coisas opostas um contra o outro.

Atualização em 21/02/2010: Nesse texto a intenção é falar acerca do termo cobiça da forma como aparece na Bíblia nas nossas traduções brasileiras(provavelmente o termo foi mal traduzido do grego);no entanto, o sentido normalmente associado ao termo cobiça(conforme pode ser visto nos dicionários comuns) é sim pecado.