Você é da igreja de Jesus?

Puerta al cielo
Creative Commons License photo credit: Flowery *L*u*z*a*

“[…]edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;”  (Mateus 16 : 18)

A palavra “igreja”(no grego, ekklesia) não foi inventada por Jesus, ela já era usada antes e significava apenas um ajuntamento de pessoas, um grupo.

Não era uma palavra “sagrada”.

Quando Jesus fala em “minha igreja” ele apenas está falando de “meu grupo”(note que no evangelhos aparecem poucos lugares onde ele mesmo use esse termo).

O grupo de Jesus é um só, ainda que espalhado pelo mundo inteiro nos mais diversos grupos.

Uma igreja evangélica, por exemplo, é um grupo, mas nem todos que fazem parte dela(talvez até nenhum) é da igreja de Cristo.

Diante disso podem concluir que:

  • Mesmo uma pessoa que não se reúna regularmente em algum grupo que se denomine “evangélico” ou “cristão” ainda assim ela pode ser parte do grupo de Jesus.
  • Não há como alguém ser de Deus e não ser da igreja de Deus.
  • Desviado é apenas aquele que se afasta de Deus, não alguém que se afaste de um grupo ou então que decida não frequentar mais grupo algum.
  • Trocar de um grupo para outro não altera em nada o fato de eu estar no grupo de Cristo.
  • A igreja de Jesus nunca acabará, as igrejas podem acabar.
  • O mais importante não é “procurar a igreja evangélica mais próxima de sua casa” e sim procurar a Cristo e assim,automaticamente, se tornar parte de Sua igreja.

Você faz parte da igreja de Jesus ou só de uma igreja qualquer?

Mais informações nesse vídeo:

Cobiça na Bíblia é sempre pecado?

cat looking at goldfish
Creative Commons License photo credit: teachastrid


Temos visto muitas pessoas afirmarem que cobiça é pecado simplesmente por ser cobiça, mas será que é isso o que a Bíblia diz? Ou será que cobiça é só pecado se o objeto cobiçado for coisa do outro?

O mandamento:

Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo. (Êxodo 20 : 17)

Nesse mandamento podemos perceber que a cobiça não é condenada simplesmente por ser cobiça mas por que cobiça não é bom para com as coisas dos outros.
Você pode querer algo mas não pode querer algo que já tem dono.

No famoso texto de Mateus 5:28 o Senhor Jesus diz:

Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.

Baseado nisso muitos dizem que não se pode cobiçar mulher nunca, porque Jesus teria proibido no versículo exposto se esquecendo que o contexto era sobre o adultério.

27 Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. 28 Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.

Podemos ver no texto que enquanto a lei só falava sobre o adultério real, Jesus fala sobre o adultério mental que é o primeiro que ocorre antes do ato mesmo.
Você pode querer alguém, mas não pode querer alguém que já esteja com alguém, ou então se tu tens alguém não deves querer outra.

Para aqueles que ainda acham que cobiça é sempre sinônimo de pecado vai mais um versículo:

Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. (Gálatas 5 : 17)

Esse versículo simplesmente diz que assim como a carne, o Espírito também cobiça! a diferença é que ambos cobiçam coisas opostas um contra o outro.

Atualização em 21/02/2010: Nesse texto a intenção é falar acerca do termo cobiça da forma como aparece na Bíblia nas nossas traduções brasileiras(provavelmente o termo foi mal traduzido do grego);no entanto, o sentido normalmente associado ao termo cobiça(conforme pode ser visto nos dicionários comuns) é sim pecado.