Como denunciar pastores e obreiros corruptos

 

Autor da imagem: Jasiel Botelho

A Justiça Brasileira não tem o que fazer em relação aos que pregam mentiras em nome de Jesus, não tem como controlar quem interpreta corretamente ou não.Não tem como impedir que pessoas peçam no púlpito quantias exorbitantes até mesmo de pessoas que não tem o necessário para se sustentar.

Mas ela pode punir pessoas que usem o dinheiro ou os bens arrecadados pela igreja para fins pessoais.

Legalmente, o pastor pode receber salário, mas nada além disso(não pode pagar empregados particulares e comprar casas e veículos com o dinheiro da igreja, por exemplo).

Se você tem alguma prova de que dinheiro ou bens de sua igreja ou de alguma igreja que conheça está sendo usado para fins pessoais , denuncie.

Só assim as coisas podem começar a melhorar.

Abaixo um vídeo que esclarece melhor o assunto:

 

Sobre o desabafo de Edir Macedo

Bo to Polska, nie elegancja Francja...

Creative Commons License photo credit: MichalFotos

“Tudo isto vi nos dias da minha vaidade: há justo que perece na sua justiça, e há ímpio que prolonga os seus dias na sua maldade.”  (Eclesiastes 7 : 15)

Domingo  Edir Macedo publicou um desabafo no seu blog no qual insinua que quem o critica o faz por inveja, já que ele é mais bem sucedido do que os críticos.

Além disso, ele dá a entender que o fato dele ser tão “abençoado” já é prova de que ele é honesto e que Deus o aprova como está.

Esse argumento do Edir não é novo, Silas Malafaia já o utilizou, com algumas variantes, contra Caio Fábio e outros que o criticaram e esse é um dos argumentos mais utilizados pelos defensores deles e por outros pastores a fim de relativizar qualquer crítico que se oponha a eles.

O problema é que tal argumento não tem base bíblica, na Bíblia nem sempre o justo se dá bem e o ímpio se dá mal como eu já disse  no post Jó mereceu sua tragédia? e  o Tom Fernandes no post Negando a Páscoa (onde ele também comenta o desabafo do Edir).

…se a santidade deles é tão acentuada assim, por que não são tão abençoados por Deus como gostariam? Seria Deus injusto para com eles?Que Deus é Esse que abençoa um “bandido” e amaldiçoa os certinhos?(trecho do desabafo do Edir)

Se fossemos seguir a lógica do Edir, Paulo não poderia ter criticado Pedro (pois Paulo não era atendido quando pedia para que seu espinho da carne fosse retirado) Jesus não seria santo, pois Ele teve uma oração  não respondida e o mendigo Lázaro nunca teria ido morar no seio de Abraão, pois nem sua fome conseguia saciar, tendo de se contentar com as migalhas de um rico.

Ou então Deus seria mesmo um baita injusto, que só foi justo mesmo com ele (Edir). 😀

Só me resta achar que Edir continua achando que seus seguidores gostam de fezes e por isso usa fezes para os pescar .

João Alexandre – É proibido pensar

 

“ESTAI, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão.” (Gálatas 5 : 1)

João Alexandre nessa canção fala sobre vários modismos evangélicos que parecem coisas inofensivas, mas que acabam trazendo às pessoas conceitos anti bíblicos e medievais. Continue reading