Quem pode batizar?

and were all made to drink of one Spirit

“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;”  (Mateus 28 : 19)

Jesus nunca disse que somente alguns cristãos especiais ou com algum dom deveriam batizar.

Ele diz a todos os que o seguem que, indo, preguem e batizem.

O pensamento de que somente pastores poderiam batizar não tem base em Jesus, nem no Novo Testamento e nem na Bíblia como um todo.

Provavelmente esse pensamento surgiu com base em interpretações erradas do Antigo Testamento como a de que o sacerdote no antigo testamento corresponde ao pastor no novo e por isso só o pastor pode executar ritos como batismo ou ceia.

No entanto, Apocalipse diz que todos somos sacerdotes, não somente os pastores:

“E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém.”  (Apocalipse 1 : 6)

“E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra.”  (Apocalipse 5 : 10)

“Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.”  (Apocalipse 20 : 6)

Esse pensamento também pode ter surgido devido a pensamentos católicos que ainda existem nas mentes dos que se declaram reformados que, ao apenas tentarem “reformar” a coisa, acabaram deixando ficar coisas que não tem base bíblica.
Para quem quiser se aprofundar no assunto e verificar algumas passagens bíblicas recomendo o post do pastor Altair Germano chamado Quem pode batizar nas águas?A questão bíblica.

Creative Commons License Crédito da foto vanz

O que é o batismo com fogo?

 

E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; cujas alparcas não sou digno de levar; ele vos batizará com o Espírito Santo, e com fogo.
Em sua mão tem a pá, e limpará a sua eira, e recolherá no celeiro o seu trigo, e queimará a palha com fogo que nunca se apagará. (Mateus 3:11)


Há várias interpretações acerca do que seria o “batismo com fogo” a que João Batista se referia na passagem acima.

Uma interpretação muito popular em algumas igrejas pentecostais é a que diz que o batismo com Espírito Santo e batismo com fogo seriam sinônimos, sendo o fogo um símbolo do Espírito.

Há alguns dias atrás também soube pelo Charles que alguns interpretam o tal batismo como a prova de fogo que manifestará as obras dos crentes descrita em 1º coríntios 3.

 

A obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um.
Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão.
Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo. (1º coríntios 3:13-15)



Eu, porém, acredito (e outros comigo) que o batismo com fogo significa a condenação dos hipócritas, de acordo com as parábolas de João Batista :

 

E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo.
Em sua mão tem a pá, e limpará a sua eira, e recolherá no celeiro o seu trigo, e queimará a palha com fogo que nunca se apagará.(Mateus 3:10,12)

Se as árvores sem frutos seriam lançadas no fogo, então o fogo não era um fogo que mostraria os frutos delas e sim que as consumiria após se comprovar sua falta deles.

Sinceramente não sei se o Espírito tem como símbolo bíblico frequente o fogo (não consegui notar isso ainda, lendo a Bíblia), porém creio que nesse contexto “fogo” não se está simbolizando Ele.

Desse modo acredito que o que João diz é que Jesus faria dois batismos: o do Espírito para aqueles que realmente o desejassem e o de fogo para os hipócritas que vinham se batizar com João sem se arrepender verdadeiramente em seus corações.

Acerca do castigo com fogo, não tenho ideia se é inferno, destruição ou alguma outra coisa, só sei que é alguma condenação aos infrutíferos, seja eterna ou apenas temporária.

E você o que acha?