O problema de se usar o dicionário comum no estudo bíblico

Dictionary
Creative Commons License photo credit: jwyg

Muitas vezes, ao se deparar com palavras difíceis na bíblia, algumas pessoas buscam o significado num dicionário.

Isso seria o suficiente em textos escritos originalmente em português, porém não funciona tão bem com a bíblia.

A bíblia foi escrita em hebraico/grego/aramaico e traduzida para o português, de modo que as palavras traduzidas em versões antigas nem sempre traduzem hoje o real sentido do termo original.

Exemplo disso é o velho debate sobre o sexo anal ser ou não pecado; os que são contra logo citam a palavra sodomia e seu sentido no dicionário português,sendo que no sentido original, sodomia tem um sentido totalmente diferente do usado na nossa língua.(conheça o sentido original da palavra sodomita no próximo artigo).

O melhor a fazer ao estudar a bíblia e encontrar palavras difíceis é buscar o significado das palavras em um dicionário bíblico, léxico grego e hebraico ou bíblia interlinear.

Isso não quer dizer que nenhuma palavra do dicionário português esteja de acordo com o significado original do termo grego e sim que não é tão seguro buscar o sentido na língua não original.

 

(Visited 237 times, 1 visits today)
Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Roberto Donizeti Soares

Moro em Catiguá, interior de São Paulo. Sou psicólogo formado pelo Instituto de Ensino Superior de Catanduva (IMES Catanduva, antiga FAFICA) e trabalho em Catanduva, na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura. Li a Bíblia algumas vezes e continuo relendo e buscando um maior entendimento. Simpatizo com o movimento Caminho da Graça do pastor Caio Fábio de Araújo Filho. Gosto de teologia, sociologia, psicologia, antropologia, política, livros, filmes, música, gibis, jogos e brinquedos, entre outras coisas.

Uma resposta para O problema de se usar o dicionário comum no estudo bíblico

  1. Pingback:O que é sodomia? | Blog do Roberto Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.