“Deus seja louvado” pode ser retirado do nosso dinheiro

A Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) em São Paulo pediu à Justiça Federal que determine a retirada da expressão “Deus seja louvado” das cédulas de reais. A medida não gerará gastos aos cofres públicos já que, em caráter liminar, a ação pede que seja concedido à União o prazo de 120 dias para que as cédulas comecem a ser impressas sem a frase.
Um dos principais argumentos utilizados pela ação é o de que o Estado brasileiro é laico e, portanto, deve estar completamente desvinculado de qualquer manifestação religiosa. Além disso, são lembrados princípios como o da igualdade e o da não exclusão das minorias para reforçar a tese de que a frase “Deus seja louvado” privilegia uma religião em detrimento das outras.
No ano passado, a PRDC recebeu uma representação questionando a permanência da frase nas cédulas de reais. Durante a fase de inquérito, a Casa da Moeda informou à Procuradoria que cabe privativamente ao Banco Central (BC) “não apenas a emissão propriamente dita, como também a definição das características técnicas e artísticas” das cédulas. Para o BC, o fundamento legal para a existência da expressão nas cédulas é o preâmbulo da Constituição, que afirma que ela foi promulgada “sob a proteção de Deus”. Fonte: http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI6294584-EI306,00-Procuradoria+quer+excluir+expressao+Deus+seja+louvado+das+cedulas.html

Guias cegos! Vocês coam um mosquito e engolem um camelo. Mateus 23:24
…sabemos que o ídolo não significa nada no mundo e que só existe um Deus. 1 Coríntios 8:4

Não dou muita importância para a expressão estar ou não nas notas e acho que nem mesmo os ateus são tão afetados por essa expressão (os religiosos em geral devem usar o termo Deus, de modo que poderiam interpretar como se referindo a fé deles também).
A expressão está na nota, mas não faz tanta diferença.É só ignorar.
Pior seriam alguns termos presentes no hino nacional(patria idolatrada e adorada) e até mesmo a obrigatoriedade em tratar os símbolos nacionais como se fossem sagrados.
O dinheiro você pode usar ignorando a frase, mas se você não reverencia os símbolos nacionais pode ser punido.
Somos obrigados a realizar certos rituais à “deusa pátria” e não lembro de ninguém ter reclamado publicamente disso até agora.
Não estou dizendo que deveríamos lutar contra essas coisas, apenas digo que tirar só o “Deus seja louvado” seria filtrar o mosquito e engolir um camelo.
Melhor deixar esses detalhes de lado e nos ocupar com coisas mais vitais.

(Visited 73 times, 1 visits today)
Tags , , , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Roberto Donizeti Soares

Moro em Catiguá, interior de São Paulo. Sou psicólogo formado pelo Instituto de Ensino Superior de Catanduva (IMES Catanduva, antiga FAFICA) e trabalho em Catanduva, na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura. Li a Bíblia algumas vezes e continuo relendo e buscando um maior entendimento. Simpatizo com o movimento Caminho da Graça do pastor Caio Fábio de Araújo Filho. Gosto de teologia, sociologia, psicologia, antropologia, política, livros, filmes, música, gibis, jogos e brinquedos, entre outras coisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.