Como disciplinar filhos

 

“Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.”  (Provérbios 22 : 6)

É inegável a importância da educação dos filhos, porém devido a dificuldade de se fazê-la muitos a deixam de lado ou exageram naquilo que pensam ser a forma correta de corrigir, outros apenas usam a fachada de correção para poderem se vingar dos filhos ou para descontar em cima deles alguns de seus problemas pessoais.

Abaixo uma lista de princípios que creio que sejam importantes para os pais:

  • Deixar de corrigir causa diversos problemas, visto que ninguém nasce já educado, e, não sendo educado em casa, o filho sempre acaba sendo educada em fontes duvidosas, pois de algum lugar a pessoa vai tirar alguma educação, boa ou má.

“A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da correção a afugentará dela.”  (Provérbios 22 : 15)

  • A rigidez demasiada na educação dos filhos também não é algo bom, isso pode irritar os filhos e dificultar seu aprendizado; o filho não deve obedecer por medo dos pais e nem só para evitar a chatice deles, mas sim por crer que aquilo que lhe é ensinado é bom.

“Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não percam o ânimo.”  (Colossenses 3 : 21)

  • Não se deve querer corrigir os filhos da mesma forma como os pais nos corrigiram um dia, devemos analisar friamente e ver o que realmente funciona e o que era apenas bobagem de nossos pais e assim criar uma forma de educar própria, de acordo com o que achar importante para uma boa educação.
  • Nunca se deve disciplinar de forma impulsiva, deve-se buscar o auto domínio a fim de não exagerar nos momentos de raiva.
  • Também deve-se evitar vingar-se do filho quando ele desobedece algo, a disciplina deve ser aplicada com intenção de educar, não de se vingar ou aterrorizar.

“Vede que ninguém dê a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, tanto uns para com os outros, como para com todos.”  (I Tessalonicenses 5 : 15)

  • O filho não deve entender a disciplina como capricho ou vingança de um cara mais forte com quem ele mexeu, por isso todo excesso deve ser assumido e se deve pedir perdão pelos excessos.

“Castiga o teu filho enquanto há esperança, mas não deixes que o teu ânimo se exalte até o matar.”  (Provérbios 19 : 18)

Como disciplinar?

Embora a Bíblia cite a “vara” como exemplo de correção, nem toda correção tem de causar dor física, há diversas formas de se corrigir uma criança, deve-se pesquisar e procurar a melhor opção.

Um bom programa de TV para quem quer exemplos de como disciplinar seu filho é a Supernanny do SBT.

Educação influenciada por traumas

Muitas pessoas guardam traumas de seus pais e acabam agindo da mesma forma com os filhos; é importante que pessoas com tais traumas busquem ajuda psicológica afim de se curarem e poderem ser melhores pais.

Um livro que pode ajudar nesse tratamento de traumas é Curando as feridas que afligem a alma de Curt Grayson & Jan Johnson .

Bom, isso é o que eu consegui juntar, se alguém mais tiver dicas poste nos comentários. 😉

[lomadeewpro category=’2922′ keywords=’supernanny’]

(Visited 55 times, 1 visits today)

5 comentários em “Como disciplinar filhos

  1. Pingback: Roberto Donizeti via Rec6
  2. Bons conselhos, Roberto.

    Estou iniciando no “ofício”, mas tenho ótimos exemplos de pais que disciplinam corretamente seus filhos e os frutos são realmente notáveis.

    Espero consegui-los também!

    Qual a sua experiência? Tem filhos?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.