É pecado receber transfusão de sangue?

Blood drainage

photo: gaelx

Abster-se de comida sacrificada aos ídolos, do sangue, da carne de animais estrangulados e da imoralidade sexual. Vocês farão bem em evitar essas coisas. Que tudo lhes vá bem. Atos 15:29

Um dos ensinos mais polêmicos das Testemunhas de Jeová é o que diz que seja pecado receber transfusão de sangue, pois seria um pecado.

Uma das base bíblicas deles é o verso acima, que é um dos únicos no Novo Testamento que menciona o sangue.

O argumento deles tem sentido, caso interpretemos só o texto desse verso, pois ele não diz que se deveria não comer sangue, mas se abster de sangue.Se tivesse sido escrito hoje, faria ainda mais sentido pensar que transfusões de sangue estariam incluídas nele.

Há ainda as leis do Antigo Testamento que proibiam a ingestão de sangue alegando que sangue é vida ou contém vida e por isso não poderia ser comido.

Mas não comam o sangue, porque o sangue é a vida, e vocês não poderão comer a vida com o sangue.
Deuteronômio 12:23

O que significaria não poder comer sangue por ser vida?Creio que ninguém pode definir isso com certeza, alguns simplesmente aceitam isso sem questionar e outros especulam.

Eu creio que um sentido possível é que o sangue retirado de um animal poderia conter impurezas, estando vida microscópica inclusa nisso, e que essa seria a vida contida no sangue que poderia fazer mal ao que comesse.

Tenhamos em mente que naquela época as pessoas não eram tão instruídas sobre como preparar alimentos quanto são hoje e por isso a lei tentava as proteger, ainda que para isso tivesse que dizer que algo era impuro, abominação ou algo similar.

Há também a possibilidade de que a proibição tivesse a ver com a simbologia do sangue, já que o sangue dos animais simbolizava o sangue de Cristo que tirou o pecado do mundo e proibir a ingestão, na época, poderia enfraquecer o símbolo ou algo assim.

No Novo Testamento a simbologia do sangue e da vida passa a ser usada de formas diferentes, Jesus fala de beber seu sangue como uma forma de receber vida dele.

Todo o que come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.
João 6:54

Já a passagem em que se fala da abstenção de sangue é um verso provisório, dirigido para um grupo de cristãos a fim de não escandalizar os judeus que tinham isso como lei.Não serve nem para dizer que um cristão não possa comer sangue.

Pelo contrário, devemos escrever a eles, dizendo-lhes que se abstenham de comida contaminada pelos ídolos, da imoralidade sexual, da carne de animais estrangulados e do sangue.

Pois, desde os tempos antigos, Moisés é pregado em todas as cidades, sendo lido nas sinagogas todos os sábados”.
Atos 15:20-21

Veja que que o “pois” não justifica a abstenção  dizendo que seja errado ou pecado, mas porque Moisés era pregado nas sinagogas judaicas.O problema era o escândalo.

Quem se escandaliza hoje com transfusão de sangue?Que eu saiba só os testemunhas de Jeová e sem uma base bíblica válida.

A Bíblia nada diz sobre doação e transfusão de sangue, coisas que na época ainda pareciam impossíveis, mas apresenta versos que parecem simbolizá-las, sem no entanto, proibi-las.

Quando Jesus fala de beber seu sangue para ter vida eterna, isso se assemelha muito mais a uma transfusão de sangue do que a um beber literal de sangue.

Uma das formas de dar vida aos irmãos é doar sangue.

Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos.
1 João 3:16

Por que nos vestimos?

photo: bengal*foam

“E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher; e não se envergonhavam.”  (Gênesis 2 : 25)

“Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.”  (Gênesis 3 : 7)

“E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me.

E Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore de que te ordenei que não comesses?”  (Gênesis 3 : 10,11)

“E fez o SENHOR Deus a Adão e à sua mulher túnicas de peles, e os vestiu.”  (Gênesis 3 : 21)

Muitas pessoas afirmam que o fato de Deus ter feito roupas para Adão e Eva seja uma prova bíblica de que as pessoas devam se vestir e que não se vestir seria um pecado, mas esse assunto não é tão simples.

Em primeiro lugar, devemos lembrar que Deus criou Adão e Eva nus e nunca disse que deveriam se vestir antes que pecassem.Não há referência bíblica que diga que a nudez em si seja pecado.

É um erro achar também que a nudez não fosse pecado porque o homem e a mulher ainda fossem “inocentes como crianças”(hoje em dia sabemos que crianças não são tão inocentes assim) e não viam maldade na nudez por não conhecerem o sexo.

Antes do pecado, Deus manda que eles se reproduzam e não seria por clonagem…

“E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.”  (Gênesis 1 : 28)

Logo, Adão e Eva conheciam o sexo, mas não conheciam a tal “nudez”…

Ao comer do fruto, o texto diz que perceberam que estavam nus.Mas o que isso quer dizer?Que diferença faz saber isso?E por que, ao perceber que estavam nus, tentaram se cobrir?Quem lhes disse que deviam cubrir a nudez a partir do momento em que a notassem?

Creio que o que aconteceu foi que o homem e a mulher se sentiram culpados após desobedecer ao mandamento divino e, não sabendo como lidar com isso, acharam que o problema estava na nudez.

O problema não era a nudez, nunca foi.Apenas foi uma confusão.

Eles perceberam estar em pecado mas traduziram como “estamos nus”.
Tentaram se esconder de Deus fazendo para si roupas de folhas, como quem tenta se redimir de um erro, fazendo uma boa ação que esconda a má.

Sabendo Deus que a única forma deles se sentirem mais tranquilos novamente, seria falar segundo a simbologia que a mente deles havia criado, matou um animal e os cobriu com uma roupa de peles, já simbolizando também que para o pecado deles ser realmente apagado diante de Deus seria necessário a morte de um inocente no lugar deles.

Talvez tenha sido isso o que originalmente aconteceu, mas aí o tempo passou, a tradição das roupas continuou na maioria dos lugares e as pessoas se acostumaram a andar sempre vestidas, mesmo quando não haja utilidade nisso.

Acostumadas a andar sempre vestidas, acostumaram-se a associar nudez a vulgaridade, erotismo e sensualidade e a achar que é impossível o mundo viver nu sem se tornar uma orgia global.

Alguns escaparam desse pensamento e hoje temos a chance de ver que as coisas podem ser diferentes, que pessoas podem estar nuas e juntas sem desrespeitarem umas às outras conhecendo locais naturistas e seus praticantes.

É pecado comer carne de porco?

Two eggs sunny side up, bacon, and home fries with cheddar cheese
Creative Commons License photo credit: @joefoodie

“Também o porco, porque tem unhas fendidas, e a fenda das unhas se divide em duas, mas não rumina; este vos será imundo.”  (Levítico 11 : 7)

“Nem o porco, porque tem unha fendida, mas não rumina; imundo vos será; não comereis da carne destes, e não tocareis nos seus cadáveres.”  (Deuteronômio 14 : 8 )

Muitos se baseiam nos versos acima para afirmar que os cristão não deveriam comer carne de porco, apesar do Novo Testamento nada ensinar sobre isso e de Jesus dizer que nada que comemos nos torna impuros (espiritualmente falando).

“O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem.”  (Mateus 15 : 11)

Quando a lei de Moisés falava que algo era imundo, muitas vezes (senão todas) estava apenas dizendo que era algo sujo do ponto de vista físico.

Como na época as pessoas não tinham o conhecimento cientifico que temos hoje, Deus colocou leis de higiene dentre as leis de Moisés, para que o povo pudesse viver de forma mais saudável.

Assim, a lei chamava a carne de porco e de outros animais de imunda, ao mesmo tempo em que dizia que uma pessoa ficava imunda após fazer sexo, depois de ejacular,durante a menstruação, entre outros:

“E também se um homem se deitar com a mulher e tiver emissão de sêmen, ambos se banharão com água, e serão imundos até à tarde.”  (Levítico 15 : 18)

“Também o homem, quando sair dele o sêmen da cópula, toda a sua carne banhará com água, e será imundo até à tarde.”  (Levítico 15 : 16)

“Mas a mulher, quando tiver fluxo, e o seu fluxo de sangue estiver na sua carne, estará sete dias na sua separação, e qualquer que a tocar, será imundo até à tarde.”  (Levítico 15 : 19)

Em todas essas leis se dizia que a pessoa deveria tomar banho;provavelmente sem essas leis as pessoas fossem ficar muito tempo sem se lavar e correriam o risco de pegar uma infecção.

Voltando ao porco, creio que a maioria de nós já ouviu falar que a carne do porco deve ser bem cozida para evitar certas doenças.

Creio que talvez seja esse o motivo da carne de porco ter sido vista como imunda na lei, se não for exatamente esse o motivo, deve ser algum outro relacionado à saúde, de acordo com os outros exemplos que observamos acima.

Jesus nunca ensinou nada sobre esse assunto nos evangelhos.Os discípulos também não mencionam isso em Atos, embora tenham mencionado a questão da carne com sangue, dentre as instruções para evitar escandalizar judeus:

“Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição, das quais coisas bem fazeis se vos guardardes. Bem vos vá.”  (Atos 15 : 29)

Resumindo: não há problema em se comer carne de porco desde que se faça com higiene.Deus não tem nada contra (ao menos nada revelado na Bíblia).