Os provérbios de Deus

“mas de mim Deus fez um provérbio para todos, um homem em cujo rosto os outros cospem. Jó 17:6

Agora, porém, sou a sua canção, e lhes sirvo de provérbio. Jó 30:9

Tu nos pões por provérbio entre os gentios, por movimento de cabeça entre os povos. Salmos 44:14

E serás por pasmo, por ditado, e por fábula, entre todos os povos a que o Senhor te levará. Deuteronômio 28:37

 

Provérbio no dicionário Michaelis

pro.vér.bio

sm (lat proverbiu) 1 Máxima breve e popular; adágio, anexim, ditado, rifão, sentença moral. 2 Pequena comédia que tem por entrecho o desenvolvimento de um provérbio.

Relendo o livro de Jó(provavelmente pela quinta vez), encontrei esse verso e o postei no meu perfil do Facebook, onde venho tentando mostrar, nos últimos dias,  através de trechos do livro de Jó que mesmo Deus sendo amor, Ele ainda é capaz de fazer com seus amados que alguns acham que ele jamais faria.Mais tarde pensei naquilo que Jó afirma: que Deus teria feito dele “um provérbio para todos”. Provavelmente essa é uma das justificativas para Deus causar ou permitir o sofrimento na Terra, mesmo com os “inocentes”. Deus usa o sofrimento de alguns como um provérbio, um ensinamento para todos.

É claro que poderia ser apenas algo dito por Jó num momento de dor, sem conexão com a realidade(para quem não acha que cada afirmação na Bíblia é inspirada) mas a verdade é que o sofrimento de alguns como tendo utilidade para outros é um tema que a Bíblia aborda constantemente, conforme exemplificado nos versos do começo desse post e em outros diversos.

Eu jogarei imundície sobre você, e a tratarei com desprezo; farei de você um exemplo. Naum 3:6

Porque me parece que Deus nos colocou a nós, os apóstolos, em último lugar, como condenados à morte. Temo-nos tornado um espetáculo para o mundo, tanto diante de anjos como de homens. 1 Coríntios 4:9

O sofrimento pode servir tanto para o crescimento da pessoa que sofre quanto para o crescimento de outras (não apenas como vingança, como muitos imaginam). Por isso é que mesmo uma pessoa ou ser que aparentemente não tem no que crescer (como crianças e animais) o sofrimento pode ser aplicado ou permitido por Deus.Todos nós provavelmente já fomos tocados e ensinados por exemplos de pessoas que passaram por grandes sofrimentos.

Pode parecer injustiça que alguém “inocente” tenha de sofrer para ensinar algo aos outros, ainda mais para pessoas que não são tão inocentes assim mas é algo que Deus faz e que acha aceitável, além de ser algo parecido com o que Cristo fez (Cristo não foi só um exemplo, mas também foi e aceitou sofrer tanto na morte quanto em vida por nós, pois não é moleza para Deus ter de viver como homem).

É claro que nem todos entendem a mensagem corretamente.Há quem entenda que se alguém sofre, sofre porque merece e esse foi o entendimento dos amigos de Jó.Provavelmente muitos dos que o viam como provérbio, diziam que era o exemplo do que acontece a um homem sem Deus, embora isso não fosse verdade.Paulo e outros apóstolos também foram mal interpretados por muitos no seu sofrimento:

Nós somos loucos por causa de Cristo, mas vocês são sensatos em Cristo! Nós somos fracos, mas vocês são fortes! Vocês são respeitados, mas nós somos desprezados!

Até agora estamos passando fome, sede e necessidade de roupas, estamos sendo tratados brutalmente, não temos residência certa e trabalhamos arduamente com nossas próprias mãos. Quando somos amaldiçoados, abençoamos; quando perseguidos, suportamos; quando caluniados, respondemos amavelmente. Até agora nos tornamos a escória da terra, o lixo do mundo.

1 Coríntios 4:10-13

Quantos ainda querem ser usados sabendo disso?Que Deus nos ajude a dormir com esse barulho.

O que fazer com os ídolos?

Dagdusheth Halwai Ganpati

photo: flickrohit

Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa?
1 Coríntios 10:19

O Antigo Testamento por diversas vezes afirmara que os ídolos nada podem fazer, mas ainda assim incentivava que o povo de Deus destruísse todo ídolo que pudesse, provavelmente por causa da consciência fraca que a humanidade ainda tinha.

expulsem da frente de vocês todos os habitantes da terra. Destruam todas as imagens esculpidas e todos os ídolos fundidos, e derrubem todos os altares idólatras deles.
Números 33:52

No Novo Testamento, quase não há mais menção à ídolos, embora denuncie vários tipos de “idolatria sem ídolos”, como o amor ao dinheiro, amor ao mundo, ao século, etc.

“Nenhum servo pode servir a dois senhores; pois odiará a um e amará ao outro, ou se dedicará a um e desprezará ao outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro”.
Lucas 16:13

Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele.
1 João 2:15

A ênfase mudou porque a revelação se aprofundou e a humanidade evoluiu.

Hoje sabemos que nenhum objeto é um ídolo obrigatório, assim como nenhum objeto ou pessoa está livre de se tornar o ídolo de alguém.

Logo, não faz mais sentido exigir que toda estátua que um dia serviu como ídolo (ou que foi criada com esse objetivo) tenha de ser destruída ou não possa pertencer a um cristão.

Quando nos convertemos ao Senhor de todo o coração, os ídolos desaparecem.Mesmo que tenhamos em casa objetos que antes usávamos como ídolos, eles passarão a ser apenas objetos, não mais ídolos.Não nos afetavam antes e não podem nos afetar depois.

Se a pessoa não vê outro sentido no objeto e quer jogá-lo fora, tem todo o direito; mas não tem a obrigação.Se mora com outra pessoa que ainda tem esses objetos não deve mexer neles, pois embora não façam sentido para ela, fazem para a outra e não vale a pena arranjar uma briga por nada.

Não há nada de útil em destruir imagens, estátuas ou outros objetos que servem como ídolos para outras, pois isso não destruirá a crença delas naquele ídolo e ainda fará com que sejamos vistos como pessoas que não respeitam as coisas e crenças alheias.

É verdade que a pregação do Evangelho coloca todas as crenças contrárias como sendo falsas, mas nem por isso devemos desrespeitar as pessoas que crêem diferente, tratá-las sem amor ou forçá-las a crer no mesmo que nós.

Uma mulher que tenha marido adorador de imagens, o ajudará mais sendo uma boa esposa e o respeitando do que quebrando suas imagens e o atormentando o tempo todo com repreensões bíblicas nas quais ele não crê.

mulheres, sujeitem-se a seus maridos, a fim de que, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavras, pelo procedimento de sua mulher,observando a conduta honesta e respeitosa de vocês.
1 Pedro 3:1-2

Ame-se

 

Jesus nos manda amarmos ao próximo como amamos a nós mesmos, logo é preciso que tenhamos amor próprio, não podemos deixar isso de lado.

No entanto, o amor que devemos ter, tanto por nós mesmos quanto pelos outros, não é o amor conforme o mundo, mas o amor segundo Deus.

Para saber como é o amor segundo Deus temos de conhece-Lo (pois Deus é amor), observar o Seu amor por nós e imitá-lo.

“Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.”  (I João 4 : 8 )

A forma correta de amarmos a nós mesmos é amarmo-nos da forma mais próxima da forma como Deus nos ama.

Só depois de entendermos o amor que Deus tem por nós é que poderemos amarmo-nos de forma correta e consequentemente ao nosso próximo.

Um exemplo de como Deus nos ama é mostrado pelo autor da Carta aos Hebreus:

“Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho.”  (Hebreus 12 : 6)

O que aprendemos com isso?Que Deus nos corrige por amor para nosso bem; logo se temos amor próprio também temos de nos corrigir e, se amamos ao próximo, devemos corrigi-lo também.

Percebe como isso contraria a visão do amor próprio segundo o mundo?Se não levarmos em conta o amor de Deus fugiremos das correções e não corrigiremos o nosso próximo, só porque a correção causa um incomodo temporário(basicamente um problema de orgulho).

“E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela.”  (Hebreus 12 : 11)

Como anda seu amor próprio?Ele se parece com o amor que Deus tem por ti?

Esse post faz parte da blogagem coletiva para incentivar o amor próprio e ganhar o livro Você é linda da Jenna Lucado pela editora Thomas Nelson Brasil.