Faça um empréstimo a Deus

Jesus on the wall of the senior Home

Se Deus lhe pedisse hoje um empréstimo de qualquer valor e lhe dissesse que embora fosse lhe pagar, não iria lhe afirmar quando faria isso, quanto você lhe emprestaria?

Lembrando que Deus estaria lhe pedindo, não ordenando.

Lembrando também que o seu empréstimo deveria ser feito de boa vontade, por amor e não apenas na expectativa de grandes juros (ainda que esses possam vir).

Medite e pense em quanto lhe emprestaria.

Já pensou?

Agora doe esse valor às vitimas da Região Serrana do Rio de Janeiro ou a qualquer outro necessitado, pois fazendo isso estará emprestando ao Senhor. 😉

“Ao SENHOR empresta o que se compadece do pobre, ele lhe pagará o seu benefício.” (Provérbios 19 : 17)

“E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão.”  (I João 4 : 21)

Para saber como ajudar aos desabrigados da chuva na Região Serrana do Rio de Janeiro, acesse:

http://blogcaminho.blogspot.com/2011/01/saiba-como-ajudar-os-desabrigados-da.html

🙂

Sobre Roberto Donizeti Soares

Moro em Catiguá, interior de São Paulo. Sou psicólogo formado pelo Instituto de Ensino Superior de Catanduva (IMES Catanduva, antiga FAFICA) e trabalho em Catanduva, na Superintendência de Água e Esgoto de Catanduva. Li a Bíblia algumas vezes e continuo relendo e buscando um maior entendimento. Simpatizo com o movimento Caminho da Graça do pastor Caio Fábio de Araújo Filho. Gosto de teologia, sociologia, psicologia, antropologia, política, livros, filmes, música, gibis, jogos e brinquedos, entre outras coisas.

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

15 respostas para Faça um empréstimo a Deus

  1. Muito bom seu post!

    Aproveito pra me desculpar pelo meu ultimo comentario aki. Lhe faltei com o respeito.

    Grande abraço!

  2. Roberto diz:
    @Kennedy Lucas
    Sem problema amigo, está desculpado. 🙂
    Que bom que gostou.
    Obrigado pelo comentário.
  3. “Estive nu, e não me vestistes…” creio que esse seria um versículo mais apropriado…

    eu me lembro como eu me sentia cabisbaixo por não cumprir tudo o que diz provérbios… foi uma má fase de auto-punição 😛

    Último post de Charles Fernando aka Phoenix7:O Dízimo E A Graça

  4. Roberto diz:
    @Charles Fernando aka Phoenix7
    Sim, ambos os versos falam de como ao ajudar o necessitado “ajudamos” a Deus.

    Ler provérbios ou qualquer outra passagem bíblica sem consciência da Graça realmente é terrível, devida a nossa impotência de agradar a Deus totalmente nesse corpo pecaminoso pelas nossas próprias obras.

    O Caio também teve uma fase de tortura com provérbios durante a infância. 😀

    Obrigado pelo comentário.

  5. @Roberto
    ahahah não acredito que o Caio também teve isso 😀

    Último post de Charles Fernando aka Phoenix7:O Dízimo E A Graça

  6. Roberto diz:
    Ele diz que quando era pequeno a vó dele lia para ele o livro de provérbios todo mês; um provérbio por dia ou mais, caso o mês não tivesse 31 dias. 😛

    Além disso, ela julgava os coleguinhas dele como tolos, insensatos,ímpios etc. 😀

  7. Pingback:Faça um empréstimo a Deus : sexo

  8. Pingback:Ofertar é semear riquezas? | Blog do Roberto Soares

  9. Pingback:Fique por dentro Deus » Blog Archive » Faça um empréstimo a Deus | Blog do Roberto Soares

  10. Lincoln d'Azevedo diz:
    A idéia de ajudar é, e sempre será válida.
    No entando, emprestar para Deus…
    Para Deus, se deve dar tudo pois nada nós temos
    que dEle não tenha vindo.
    E Deus “aparecendo” pra pedir a alguém,
    certamente este lhe daria tudo.
    Mas qto a dar tudo, no caso de ajudar essas pessoas?
    Claro que, também, se não amamos a quem vemos…
    Só pra dizer que achei apelativo, como cantar “abro mão dos meus sonhos…”
    qdo queremos que Deus se abra para os nossos sonhos.
    • Não creio que o post seja mais apelativo do que o versículo.

      Apenas quis chamar a atenção a algo que muitos já leram, mas não confiam, encaram como uma poesia sem vida, por exemplo.

      E quanto a dar tudo caso Deus pedisse, sei que a maioria diria que sim, mas será que dariam mesmo?

      E se se arriscariam a dar tudo a Deus(o que eu sei que poucos fariam) porque é que não se arriscam a dar aos pobres?

      Não amam ao pobre ou não confiam que Deus cuidará deles caso assim façam?

      Pense nisso.

  11. Cotta diz:
    Importantíssimo ajudar aos necessitados, até por uma questão de obediência bíblica, mas ajudar materialmente sempre acompanhado da pregação da Palavra da Salvação. Um desavisado bebe água quando tem sede. A sede vai e volta, mas os que temem ao Senhor bebem da água viva e nunca mais tornam a ter sede. Ajudar é muito bonito (de preferência sem tocar trombeta), mas, o mais importante é levar o grande Amor de Jesus Cristo à essas almas sedentas pois devemos dar à elas o alto privilégio de construírem suas casas na Rocha e a próxima tempestade não mais abalará as suas estruturas. Fiquem na Paz do nosso Senhor e Salvado Jesus Cristo.
    • O ideal realmente seria que, além da ajuda, pudéssemos também lhes pregar o Evangelho(havendo oportunidade) mas isso não significa que só ajudar já não tenha seu valor.

      Quando ajudamos com sinceridade estamos sendo sal da terra e luz do mundo, por exemplo.

      Obrigado pelo comentário. 🙂

  12. Pingback:Twitter Trackbacks for Faça um empréstimo a Deus | Blog do Roberto Soares [robertosoares.com] on Topsy.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mostrar um dos meus últimos posts