Cristãos contra gays?

Bert and Ernie: Getting Trashed on Pinot Noir / 20090917.10D.53958.SQ / SML
Creative Commons License photo credit: See-ming Lee 李思明 SML

“E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela.”  (João 8 : 7)

Não há dúvidas que a Bíblia trate a homossexualidade como algo não natural e não ideal, mas ela não manda a gente prejudicar as pessoas que escolhem ser assim.

Discordar do relacionamento homossexual não significa não amar a quem assim seja, mas se opor a leis que protegem, por acaso, eles, pode ser uma atitude de desamor, ainda que a pessoa não tenha consciência disso.

Jesus falou da prostituição, por exemplo, como algo ruim mas tratava as prostitutas com respeito e carinho e nunca disse que se houvesse alguma lei regularizando a prostituição os seus discípulos deveriam ser contra.

“Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.”  (Mateus 15 : 19)

A lei que reconhece a união entre gays é apenas uma lei que tenta proteger alguns gays que após terminarem um relacionamento poderiam ser prejudicados mas agora tem como exigir na justiça seus direitos; mas há muitos cristãos se opondo a ela.

O que é essa oposição senão tentar prejudicar os gays?Será que essas pessoas acham que os gays tem mais chance de deixarem de ser gays se continuarem sem direitos assegurados nessa área?

Será que deixaram de crer na ação do Espírito e querem impor a força e a violência para ver se assim eles mudam?

Ser contra a relação entre pessoas do mesmo sexo é uma coisa, ser contra uma lei que as protege em certo aspecto é outra.

Você quer mesmo atirar essa pedra?

Pense nisso.

Sobre Roberto Donizeti Soares

Moro em Catiguá, interior de São Paulo.Estudo Psicologia no Instituto de Ensino Superior de Catanduva (FAFICA) e trabalho em Catanduva, na Superintendência de Água e Esgoto de Catanduva.Li a Bíblia algumas vezes e continuo relendo e buscando um maior entendimento.Simpatizo com o movimento Caminho da Graça do pastor Caio Fábio de Araújo Filho.Gosto de livros, filmes, gibis, jogos e brinquedos.
Marcado , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

45 Responses to Cristãos contra gays?

  1. Apolo diz:
    Meu amado, antes de tudo, quero dizer que o meu blog, que antes era http://eujafuiumbomcristao.blogspot.com ; e que o amado me deu a honra de seguí-lo, agora é http://acervodefe.blogspot.com ; ficarei alegre se continuar seguindo-o ativamente como antes. Abrí também o http://batendodfrente.blogspot.com ; neste tratarei só de polêmicas; se seguí-lo ficarei honrado. Quanto ao que você falou, é óbvio que os verdadeiros cristãos amam os homossexuais; e lamento que se opôr a plc 122, signifique “atirar pedras nos gays” segundo sua opinião; eu pouco me importaria com esta lei se ela não fosse uma “ditadura amordaçadora”, sugiro informar-se melhor acerca do texto desta lei, para que possa entender porque ela é tão prejudicial.

    DEUS SEJA CONTIGO!
    Acesse : A voz falou: Aproxima-te e prega!

  2. Os tempos mudaram e as pessoas tem que entender isso, fato!
  3. Os tempos mudaram e as pessoas tem que entender isso, fato!
  4. Charles diz:
    Creio que se a lei punisse draconiamente somente a violência contra gays os evangélicos nem se importariam, mas está realmente querendo calar a boca, e algumas das vítimas nem cristãs são, como o Mion e torcidas.

    A lei até na punição da violência é muito ruim, a violência verbal e a física possuem a mesma punição, ora, se um nazista homofóbico vai receber a mesma pena por xingar, não é um incentivo a ele fazer algo pior?

    • Você entendeu que esse texto não foi sobre a pl 122?
      Seja como for, creio que a pl não pune igual a violência verbal e física, apenas pune a coisa antes de se tornar física.Depois que vira física tem as leis que servem para todos para piorar a punição.
      • Charles diz:
        Ah, sim, mas é praticamente impossível falar em direitos gays sem mencionar a dita rs

        Eu tinha lido isso em um blog de um ateu liberal que até está no meu blog, mas o cara tornou o dele privado e agora não dá pra ver senão pelo cache ( http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:srDTod2oVboJ:olhandodireito.wordpress.com/2011/08/20/principios-juridicos-violados-pela-criminalizacao-da-homofobia-projeto-de-lei-12206/+http://olhandodireito.wordpress.com/&cd=2&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br )

        o trecho:

        Ademais, o projeto viola a proporcionalidade também no que diz respeito à proibição de excesso. O art. 20 prevê a pena de um a três anos de reclusão. Ou seja: quem praticar alguma forma de preconceito contra homossexuais, será punido com a mesma pena de homicídio culposo (art. 121, §3º,); sequestro e cárcere privado (art. 148 do Código Penal); abandono de recém-nascido com resultado de lesão corporal grave (art. 134, §1º, do CP); destruição ou ocultação de cadáver (art. 211 do CP); formação de quadrilha (art. 288 do CP); falsificação ideológica de documento particular (art. 299); emprego irregular de verbas públicas (art. 315 do CP). Todos esses crimes são punidos com a mesma quantidade de pena, de 01 a 03 anos.

        É bom notar: quando o custo de sequestrar um homossexual e deixá-lo em cárcere privado é rigorosamente o mesmo de ofendê-lo verbalmente ou praticar algum tipo de preconceito, não há absolutamente nada que impeça a ala homofóbica mais radical (skinheads, etc) a praticar o primeiro crime, em detrimento do segundo. Notaram o paradoxo?

        Eu sei que comentou sobre união homossexual e adoção por homossexual, sobre união ainda lá não tenho opinião formada, mas por precaução é melhor que não se incentive a prática, alguém de boa vontade pode doar um colete a um traficante armado do morro afim de proteger sua vida, mas essa sensação de segurança e falta de riscos não o deixaria mais tranquilo para continuar no tráfico? Ou então algo menos prejudicial como dar dinheiro a um pródigo que gaste com fornicação, vc acaba incentivando que se acumule os pecados dele no dia do juízo. Se aquilo que é mal não tivesse que ser desincentivado não haveria leis e vigias para dificultar suas práticas no fim, por que em Direito se sabe que todos são potenciais criminosos.

        Também creio que o Espírito só age quando há um contexto cultural que permite Ele agir, Ele não força a entrada, por isso pediu aos discípulos irem e pregar, Paulo não poderia ter pregado em lugares que fossem proibidos dele pregar, Jesus instruiu seus discípulos a fugir da perseguição ao invés de enfrentá-la até o martírio e tentar convencer seus persecutores em mateus 10. Paulo deu as costas a quem não quis ouví-lo, e a maior luta dos apologetas desse século é manter os ouvidos dos seculares abertos pois eles tem ainda idéias de que crer em religião é uma bobagem tão grande quanto crer em fadas.

        Mas isso sei, nem é argumento contra ou a favor, não posso impor minha opinião pessoal em ninguém. E adoção é preciso estudo mesmo, que seja baseado nos cuidados criança e não tanto para defender certo grupo.

        Ficou um comentário enorme ahaha, que droga…

        • Seria correto dizer que Jesus incentivou a prática do adultério à mulher pega em adultério por tê-la deixado viver e ainda dito que não a condenava?Seria um incentivo João dizer que se a gente pecar temos um advogado junto ao Pai?

          Acho correto desincentivar totalmente práticas que afetem outras pessoas mas coisas que só fazem mal à própria pessoa creio que não tem que ser desincentivadas com tanto rigor.

          Quanto à igualdade de penas para um crime mais grave ou menos grave, creio que isso pode até incitar alguns radicais a fazerem logo o pior mas também pode fazer os menos radicais não fazerem nem o que pretendiam fazer.Talvez isso evite que a radicalidade deles evolua e um dia eles queiram mesmo fazer algo pior.

          • charles diz:
            Ele não incentivou pq logo em seguida para todos a quem perdôou disse “vá e não peques mais”. Mas vc está certo que tem que haver certa proporção, não se vai cortar as mãos, cegar, cortar os pés de quem peca não é mesmo? Apesar de Jesus ter mandado isso simbolicamente.

            Jesus não disse “ei, olha aquele rapaz bonito, pq não vai ficar com ele que eu arrumo tudo e vc se converte dos teus caminhos mais tarde assim que me conhecer melhor”, eu ando mal de exemplos é vdd rs. A gente devido a esse mergulho na cultura secular que nos rodeia até esquecemos que o pecado é prejudicial ao pecador, mesmo que não doa fisicamente, cega, e ninguém prefere que alguém continue sofrendo de alguma doença indefinidamente.

            Jà ter advogado junto ao pai, ele não incentivou a continuar pecando ou no pecado, apenas “se” pecar, como uma exceção a qual temos de evitar a todo custo mas que inevitavelmente é certo que aconteça, todo aprendiz vai se debater em erros.

            É uma faca de dois gumes como vc disse mas isso é de certa forma inadimissível, com absoluta certeza a punição aos crimes que apelam para a integridade física devem ser punidos com mais rigor, que não se mexa na pena por agressão verbal, continue sendo pesada, mas que se dobre a pena para quem faça algo pior. Assim creio, se desincetinvaria a ambos (acho que a galere não sabe que homofobia é pecado também né? rs), mas como isso sequer foi pensado é um amadorismo muito grande da parte de quem faz leis nesse país, é por isso que tem hora que quero abandonar a faculdade e tacar o diploma no fogo kkkk

            União homossexual é tão estranha, até pq a atividade homossexual é baseada no prazer sexual, é uma atividade lúdica por excelência, o sexo hetero tem várias funções (que pode se tornar ludismo também vide a fornicação/promiscuidade/traição, e pecar do mesmo jeito que um homossexual), o sexo homo só tem uma que é a satisfação pessoal, que acaba tornando-se em animalidade desviando o ser humano da imagem de Deus.

            Estou fazendo um comentário enorme de novo, melhor parar por aí. Mas por fim, creio que seria legal vc perguntar a si mesmo: homossexualismo é pecado? E não ter vergonha de dizer que acredita que não, afinal a mera repetição da bíblia não faz algo ser verdade. Mesmo que seja, vira uma letra morta e sem sentido se ninguém realmente acredita nas razões de Deus para considerar o que é abominável, abominável. Eu corri atrás de uns amigos cristãos perguntando a eles pq é pecado, porque não entrava na minha cabeça, achava que era uma arbitrariedade divina que devíamos obedecer sem nenhuma razão, mas eu tinha certa consciência que estava com uma mente muito moderna e devia me adequar a mente de Cristo, foi com eles que peguei boa parte dos argumentos que usei aqui.

            Olha o comment enorme rs, chega!

          • Eu concordo com você sobre a pena do dano físico dever sempre ser maior do que dos verbais.
            Eu já devo ter te dito de maneira direta ou indireta que creio em gays que nascem gays(por algum defeito) e gays que nascem heteros mas gostam de ter algumas aventuras gays.
            Eu creio que no caso dos que nascem assim, não se trata apenas de prazer mas também de amor, pois creio que esses só conseguem amar pessoas do mesmo sexo.
            Creio que Deus compreende que alguns nasçam com esse defeito e não deve vê-los da mesma forma que vê os que sendo heteros, escolhem ter relações homossexuais só por prazer.
      • Esse texto realmente não teve nada a ver com a pl 122
        Acesse : Comunidade Orkut
  5. waner diz:
    Roberto,

    amar não significa aceitar como é! esta é a minha opinião.

    No entanto gostaria de saber sua opinião: Você é favorável a adoção de crianças por casais homossexuais?

    Abraço,

    Waner

    • Eu também penso que amar não seja aceitar como é, mas não acho que porque não aceito tenho que interferir nos direitos da pessoa.
      Eu ainda não sei o que dizer em relação a adoção por casais homossexuais; as vezes acho que é melhor ser criado por gays do que num orfanato mas não tenho certeza.
      Talvez devesse haver uma avaliação psicológica específica para esses casos antes de se liberar a adoção.
  6. Davi diz:
    Independente de alguem nascer homossexual ou não a prática homossexual é errada e isso nós concordamos.Mas,sinto compaixão dos homossexuais e penso no meu filho e no preconceito que ele sofreria caso fosse um e em como eu ficaria amoado.Por isso,penso que as leis humanas a favor deles não me atingirá em nada pois eu jamais trataria um gay de modo homofóbico,nesse sentido são justas as leis que os protegem mas tambem sei que certas leis poderiam ser elásticas demais e fazer parecer que o homossexualismo é algo natural e uma opção normal de vida.Desejo do fundo do coração que os homossexuais sejam felizes e respeitados e que possamos todos viver em paz.
  7. aira diz:
    Yeah right! Times change but we can’t deny the fact that there are still Christians who believes in the word of God. That being homosexual is a sin. But I know most of us understand what they feel and what they want. All we have to do is accept the fact that they are living here. I do understand them.
  8. jack diz:
    quando Jesus Cristo disse:”Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela”, não estava defendendo o pecado, mas sim uma vida, além de ensinar uma valiosa lição, devemos perceber que somos pecadores e nos afastar do pecado ao invés de apontar para o pecado do irmão.
    Mas isso não significa que o pecado foi justificado, pelo contrário, TODOS devemos nos afastar do pecado e não tentar justificá-lo com fragmentos de passagens bíblicas.
    A frase de Jesus livrou uma pecadora da morte e Jesus a livrou do pecado, mas, e quanto a nós? iremos nos esconder na palavra ou nos expôr em cristo?
    um assunto muito polêmico!
  9. Davi diz:
    Quanto à passagem bíblica propiamente dita permitam-me tecer um comentário. não se sabe ao certo se essa porção das escrituras realmente aconteceu ou é espúria.Os manuscritos bíblicos mais antigos de que se tem notícia não tem essa passagem,acredita-se que ela foi acrescentada em manuscritos posteriores,por isso,algumas versões mais modernas da bíblia contam com uma explicação antes da narrativa,sendo assim,caso seja espúria,Jesus não ensinou o que está ali,o que não quer dizer que não o tenha feito em muitas outras ocasiões.É uma pena,pois considero uma das mais lindas expressões de perdão e compaixão expressa de forma prática e incontestávelmente humana! sem dúvida,vale e valerá menciona-la sempre ainda que não tenha estado ali.(????)
  10. Douglas diz:
    Bem sobre adoção de crianças por casais homossexuais, penso que é um dever de um cristão interferir nessa lei, pois está escrito: “não vos conformeis com este século, mas tranformai-vos pela renovação do vosso ententimento” (Rm 12.2), se eles adotarem crianças, logo esse pensamento torpe (Homo) ira se multiplicar e permanecer contaminando a nossa socieddade, porque os pais são responsaveis pela formação do carater dos seus filhos e de passar a eles principios que devem ser seguidos, isso significa que se houver a liberação dessa lei e os gays puderem adotar crianças, logo eles ensinarãos aos seus filhos adotados que o casamento homossexual é correto e que não tem nada ver, fazendo com que este pensamento torpe permaneça na nossa sociedade.
    “PODE O ETÍOPE MUDAR A SUA PELE OU O LEOPARDO MUDAR AS SUAS MANCHAS? NESSE CASO TAMBÉM VÓS TAMBÉM VÓS PODEREIS FAZER O BEM, SENDO ENSINADOS A FAZER O MAL.
    (JEREMIAS 13.23)
  11. Renata diz:
    “Eu já devo ter te dito de maneira direta ou indireta que creio em gays que nascem gays(por algum defeito) e gays que nascem heteros mas gostam de ter algumas aventuras gays.”

    Como assim “defeito”??? Homossexualismo não é um defeito, nem uma opção. A gente simplesmente é, ou não é. E “gays que nascem héteros” não existem, eles podem ter nascidos bi e estarem em um relacionamento hétero, ou serem homo e estarem em um relacionamente hétero por medo do preconceito.

    É ridículo, em pleno século XXI, o debate sobre os temas casamento homossexual e adoção por casais homossexuais. Sinceramente, nenhum dos dois afeta a minha vida em nada. Afeta a de vocês? Diretamente? Provavelmente não. Então parem de discutir e deixem as pessoas serem felizes.

    • Eu sou timido, não escolhi ser e tento deixar de ser mas nem por isso deixo de ver que é um defeito.As pessoas não devem me amar menos por ele, mas é um defeito.
      • Anonimo diz:
        sua POMBA GIRA voce ta queimada agora pelo poder que há em Cristo Jesus.
        E homossexualismo é pecado grave (Por causa disso,os entregou Deus a , paixões INFAMES, porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações intimas por outro ,contrario a natureza, semelhantemente os homens também, deixando deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
    • charles diz:
      é muito comum essa idéia de que algo por não afetar a nossa vida diretamente não nos afeta nossa vida em nada. Renata, sua vida não é afetada pelos cristãos mortos pela primavera árabe, vc não vive lá. Sua vida não é afetada pelo número de brasileiros que morre no tráfico etc… porque vc não vive nesse ambiente, mas pouco a pouco, esses fatos vão mudando o mundo em q vc vive e vão bater na sua porta com tudo, como uma vez ouvi um crítico do libertarianismo “Considere pornografia: libertários dizem que devem ser permitidos por que se alguém não gosta, ele pode escolher não ver. Mas o que ele não pode fazer é escolher não viver em uma cultura vulgarizada pela pornografia.”

      Nós cristãos temos de amar até aqueles que são nossos inimigos, não somos indiferentes ao que se passa no mundo, o contrário de amor, não é ódio, é indiferença.

      Essa atitude bem dizendo, é das funkeiras “não me julgue, cuide da sua vida etc..”, eu tenho gratidão pelos meus críticos, o Roberto é um deles, porque eles quando criticam com amor, educam. Prefiro isso à deixar alguém fazer algo errado sendo que vc podia ter evitado, isso se torna cumplicidade.

  12. vanessa diz:
    Nós amamos os homossexuais não são evangélicos que agridem homossexuais, mas se Deus disse que consentiria com isso era pior do que quem praticassem, sou totalmente contra a PL122 não adianta dar direito a uns e tirar o dos outros, pois não há pior forma de violencia do que calar a opinião das pessoas.
    “Deus ama vc como vc é mas ele não quer que vc continue como está”
  13. Novo Civic diz:
    O respeito é a base de tudo. O seu post conseguiu demonstrar muito bem tudo isso. Parabéns!
  14. Muito boa reflexão Roberto!
    Acesse : Comunidade Orkut
  15. Cristiano diz:
    Prezado Roberto, mais uma vez achei sua colocação sobre o casamento gay algo muito sensato! De fato, o casamento civil dos gays não me afeta em nada. Apenas sinto-me incomodado com a ideia que os gays tenham o direito a casar-se religiosamente onde quiserem, ou seja, se o casal resolver casar-se em minha congregação, e o meu líder, o pastor não quiser casá-los, ser considerado preconceituoso e ser, por isso, punido. Abraço.
  16. limaval diz:
    A Bíblia não trata a homossexualidade apenas como “algo não natural e não ideal”. Ela reprova claramente a prática taxando-a de pecado capital. Mas devemos crer também que o sangue de Cristo pode nos remir de qualquer pecado e, como cristãos, devemos pregar a Verdade para que por ela as pessoas sejam libertas do pecado.

    Se a lei fosse apenas um mecanismo de proteção da pessoa humana, sim. Mas o que se vê nas entrelinhas é outra coisa: proteção do homossexualismo – por um estado cada vez mais exdrúxulo – coisa que um cristão jamais deverá endossar.

    Jesus amou os pecadores mas nunca, o pecado!! E quero crer que, caso “houvesse alguma lei regularizando a prostituição” Ele mandaria seus discípulos serem contra, pois essa lei feriria os princípíos morais mais elementares além de endossar a prática do pecado.

    Até mais…

  17. limaval diz:
    “Homossexualidade é um pecado capital quando se escolher praticar isso, a despeito de ser, na verdade, heterossexual.Não é o caso dos que já nascem assim.”

    A ciência tenta mostrar que pessoas nascem homossexuais porém em lugar algum a Escritura endossa essa possibilidade. Seria um megacontracenso: admitir que pessoas nascessem homossexuais e depois condená-las por isso.

    Deus fez macho e fêmea preparados para um relacionamento heterossexual. Isso é indiscutível.

    • Não seria um megacontracenso, pois há quem nasça assim e quem, mesmo nascendo heterossexual, se deite com pessoas do mesmo sexo de vez em quando.
      • Limaval diz:
        Pensar assim é pensar acima do que está escrito!! É usurpar a autoridade da Escritura, que sempre resultará em derrocada.

        Para refrescar a memória:

        “Com varão te não deitarás, como se fosse mulher: abominação é. (Lv 18:22)”

        Como cristão, fico com a Escritura!!

        • Pensar assim é aceitar o que está escrito mas também compreender que existem coisas que não foram registradas na Bíblia mas que também existem.Você sabe muito bem que nem de tudo a Bíblia fala claramente.Meu comentário anterior levou em consideração esse verso que citou.
  18. Karen diz:
    Limaval, concordo com você, mas acredito que ainda temos que discutir muito sobre isso…
    A principal questão que coloca a naturalidade das relações entre homem e mulher é o fato que só eles poderão gerar filhos. Ainda que o casal hétero possa ser infértil, o casal homossexual JAMAIS poderá gerar um filho. E ainda que isso ocorra com avanços da ciência (sei lá, eles inventam tanta coisa…), não será natural nunca.
    E quanto ao fato da homossexualidade ser natural ou não, acredito que a ciência não vai chegar a uma conclusão sobre isso. Estudo psicologia e os discursos são muitos mas as conclusões, nem tanto.
    Sou católica e a doutrina da Igreja acredita que a TENDÊNCIA homossexual não é pecado, dando espaço aos que se entendem naturalmente atraídos pelo sexo oposto. No entanto, os ATOS homossexuais sim, são um pecado, indo contra à natureza do homem, criada por Deus. Assim, todos, HOMOS ou HÉTEROS, são chamados a viver uma vida de castidade, cada um conforme sua condição.
  19. Karen diz:
    Bom, eu não posso dizer que não acredito que as pessoas possam escolher viver assim porque conheço pessoas que vivem. São homens e mulheres, de diversas idades, que escolheram viver sem sexo, por motivos variados. Com a vontade da pessoa e com a graça de Deus, acho sim que é possível. Obviamente não é pra todo mundo optar por isso, mas caso a pessoa queira, acho sim que é possível.
  20. Entendo.A pessoa que tem tendencias homossexual tem que querer isso, né?
  21. José Roberto da Silva diz:
    A homossexualidade não é uma escolha da pessoa, ela nasce assim, é fácil observar que já muito pequena a criança demonstra ser homosexual, e é uma prova para ela ser e ao mesmo tempo não ser, viver sem a prática.
  22. neiva diz:
    Deus ama o pecador mas aborrece o pecado. devemos seguir seu exemplo amar a todos sem distinçao, porem nao aceitar as praticas que nao sao de acordo com a palavra de DEUS.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Mostrar um dos meus últimos posts