Sobre o apocalipse da corrupção do Brasil

APOCALIPSESobre a minha leitura do livro do Apocalipse

O livro do Apocalipse provavelmente foi o primeiro que li da Bíblia. Eu era adolescente e me interessava muito a temática apocalíptica.

Como estava próximo ao ano 2000, ouvia com frequência que o fim do mundo estava próximo e, ao mesmo tempo em que sentia medo, ansiava por isso desde que eu pudesse estar a salvo (talvez por isso eu tenha buscado tanto ao cristianismo desde aquela época). 

Eu cheguei ao ponto de desejar que o mundo acabasse mesmo no ano 2000 para que eu escapasse de uma vacina (na época eu tinha um medo ainda maior de agulhas do que tenho hoje em dia).

Ao ler o livro do apocalipse, porém, não me deparei (como muitos temem) com um livro onde apenas apareça destruição e desgraça.

Vi que o Apocalipse traz castigos, mas também traz recompensas boas e consolo para os “justos” (coloco entre aspas, pois não há como ler a bíblia inteira e acreditar que haja alguém literalmente justo, que não tenha injustiça alguma; no máximo há  pessoas que se esforçam em fazer o bem e se arrependem de seus maus atos).

Essa é a esperança do apocalipse: depois do caos, virá o Paraíso.

E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.

Certas melhoras não podem vir sem que antes haja destruição. É por isso que a Bíblia diz que os céus e a terra serão destruídos para que hajam novos céus e nova terra.

Porque, eis que eu crio novos céus e nova terra; e não haverá mais lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão.

Até mesmo na criação bíblica, primeiro houve caos (vazio, trevas e deformidade30), depois houve tudo o que há.

E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. E disse Deus: Haja luz; e houve luz.

Gênesis 1:2,3

O apocalipse da corrupção no Brasil

Muitas vezes quando vemos algo que achamos muito ruim, dizemos que aquilo é “o fim do mundo”, mas não lembramos que aquele fim pode ser algo bom, pois após ele pode vir o começo de algo muito melhor.

É por isso que no título desse texto eu menciono o Brasil.

Muitos parecem achar que o Brasil está no fim devido a problemas como a revelação (inclusive “revelação” é a tradução da palavra grega apocalipse) de muitos esquemas de corrupção e que isso seria o sinal de que a coisa só vai de mal a pior, mas isso não tem que ser verdade.

A revelação da corrupção e sua punição, pode ser o que abrirá o caminho para que no futuro tenhamos um futuro melhor.

Por isso, não desanime e nem deixe de participar das eleições votando em alguém escolhido conscientemente apenas por achar que todos devem ser “farinha do mesmo saco”. Creia que se tantos escândalos estão vindo à tona é porque está mais difícil ser corrupto e poderá ficar ainda mais difícil se fizermos uma boa escolha nas eleições.

E se mesmo com muito esforço, ainda escolhermos  a pessoa errada, a chance do novo eleito ser punido é maior que antes e assim teremos mais esperança para o futuro.

Que venha o apocalipse (revelação)!

Eu voltei a editar este blog com mais frequência

Resultado de imagem para he´s back

Quando penso na ideia de estar de volta, é comum lembrar dessa manchete do Clarim Diário anunciando que o Homem Aranha estava de volta no filme de 2004.

Tudo estava igual como era antes

Quase nada se modificou

Acho que só eu mesmo mudei

E voltei

Eu voltei agora pra ficar

Porque aqui, aqui é meu lugar

Eu voltei pras coisas que eu deixei

Eu voltei

(Trecho da canção “O portão” de Roberto Carlos)

Estou concluindo meu curso de psicologia que tem a duração de 5 anos. Por isso tenho postado tão pouco nos últimos anos e ainda não tinha postado nada neste ano. Agora que o meu curso está quase no fim, eu posso retornar a fazer coisas que me dão prazer e demandam um pouco mais de tempo. Um de meus planos que se fortaleceu durante o tempo em que estive estudando psicologia era escrever com mais frequência assim que estivesse livre do curso. Escrever sobre tudo o que eu achasse relevante fazer algum comentário. Quero escrever sobre fé, psicologia, política, filmes, histórias em quadrinhos, utilidade pública e o que mais eu achar que tenha algo interessante para dizer.

 

Ainda tenho minha fé, contrariando os que pensam que a faculdade transforme todo crente em ateu.  Além do blog, também penso em criar um canal no Youtube para postar vídeos sobre os assuntos que eu escrever e assim alcançar um outro público que não é tão ligado em leituras. Acredito que muitas pessoas estão sendo enganadas e é importante que alguém tente esclarecê-las. Eu pretendo fazer isso. Pretendo falar de coisas que não são muito faladas, mas também de coisas que já são faladas, mas de forma mais simplificada, ou tentando interligar ideias que normalmente são entendidas como não tendo “nada a ver” com outras. Espero conseguir. Até mais.

Os provérbios de Deus

“mas de mim Deus fez um provérbio para todos, um homem em cujo rosto os outros cospem. Jó 17:6

Agora, porém, sou a sua canção, e lhes sirvo de provérbio. Jó 30:9

Tu nos pões por provérbio entre os gentios, por movimento de cabeça entre os povos. Salmos 44:14

E serás por pasmo, por ditado, e por fábula, entre todos os povos a que o Senhor te levará. Deuteronômio 28:37

 

Provérbio no dicionário Michaelis

pro.vér.bio

sm (lat proverbiu) 1 Máxima breve e popular; adágio, anexim, ditado, rifão, sentença moral. 2 Pequena comédia que tem por entrecho o desenvolvimento de um provérbio.

Relendo o livro de Jó(provavelmente pela quinta vez), encontrei esse verso e o postei no meu perfil do Facebook, onde venho tentando mostrar, nos últimos dias,  através de trechos do livro de Jó que mesmo Deus sendo amor, Ele ainda é capaz de fazer com seus amados que alguns acham que ele jamais faria.Mais tarde pensei naquilo que Jó afirma: que Deus teria feito dele “um provérbio para todos”. Provavelmente essa é uma das justificativas para Deus causar ou permitir o sofrimento na Terra, mesmo com os “inocentes”. Deus usa o sofrimento de alguns como um provérbio, um ensinamento para todos.

É claro que poderia ser apenas algo dito por Jó num momento de dor, sem conexão com a realidade(para quem não acha que cada afirmação na Bíblia é inspirada) mas a verdade é que o sofrimento de alguns como tendo utilidade para outros é um tema que a Bíblia aborda constantemente, conforme exemplificado nos versos do começo desse post e em outros diversos.

Eu jogarei imundície sobre você, e a tratarei com desprezo; farei de você um exemplo. Naum 3:6

Porque me parece que Deus nos colocou a nós, os apóstolos, em último lugar, como condenados à morte. Temo-nos tornado um espetáculo para o mundo, tanto diante de anjos como de homens. 1 Coríntios 4:9

O sofrimento pode servir tanto para o crescimento da pessoa que sofre quanto para o crescimento de outras (não apenas como vingança, como muitos imaginam). Por isso é que mesmo uma pessoa ou ser que aparentemente não tem no que crescer (como crianças e animais) o sofrimento pode ser aplicado ou permitido por Deus.Todos nós provavelmente já fomos tocados e ensinados por exemplos de pessoas que passaram por grandes sofrimentos.

Pode parecer injustiça que alguém “inocente” tenha de sofrer para ensinar algo aos outros, ainda mais para pessoas que não são tão inocentes assim mas é algo que Deus faz e que acha aceitável, além de ser algo parecido com o que Cristo fez (Cristo não foi só um exemplo, mas também foi e aceitou sofrer tanto na morte quanto em vida por nós, pois não é moleza para Deus ter de viver como homem).

É claro que nem todos entendem a mensagem corretamente.Há quem entenda que se alguém sofre, sofre porque merece e esse foi o entendimento dos amigos de Jó.Provavelmente muitos dos que o viam como provérbio, diziam que era o exemplo do que acontece a um homem sem Deus, embora isso não fosse verdade.Paulo e outros apóstolos também foram mal interpretados por muitos no seu sofrimento:

Nós somos loucos por causa de Cristo, mas vocês são sensatos em Cristo! Nós somos fracos, mas vocês são fortes! Vocês são respeitados, mas nós somos desprezados!

Até agora estamos passando fome, sede e necessidade de roupas, estamos sendo tratados brutalmente, não temos residência certa e trabalhamos arduamente com nossas próprias mãos. Quando somos amaldiçoados, abençoamos; quando perseguidos, suportamos; quando caluniados, respondemos amavelmente. Até agora nos tornamos a escória da terra, o lixo do mundo.

1 Coríntios 4:10-13

Quantos ainda querem ser usados sabendo disso?Que Deus nos ajude a dormir com esse barulho.